[Together] sobre os pontos negativos da blogosfera

Não me lembro quando foi que comecei com essa coisa dos blogs, mas sei que foi com uma página simples e lotada de emoticons onde eu geralmente reclamava de algo relacionado à escola. Eu já tive diversas páginas, diversos estilos de layout - de jpop e anime à McFly e kpop - dezenas de desabafos e postagens inúteis, mas também muitas postagens legais e engraçadas. E em todos esses anos na blogosfera a gente acaba aprendendo várias coisas, inclusive sobre os pontos negativos desse universo que, querendo ou não, traz consigo algumas coisinhas que nos irritam e nos fazem questionar "why???".

É disso que vou falar hoje, seguindo a proposta do Together: as coisas que mais odeio na blogosfera.





Esta postagem faz parte da Blogagem Coletiva de setembro do Together, um projeto para unir a blogosfera! Para saber mais, 





o pouco alcance - é fato que entre duas páginas de conteúdo similar aquela que tem mais seguidores tende a se dar melhor na questão das parcerias e consegue angariar ainda mais leitores, mas nem sempre a página mais popular é a de melhor qualidade. Já vi páginas que são um sucesso, mas cujos autores não se importam tanto com as coisas que escrevem: simplesmente estão ali pelo dinheiro e pelos presentes; e já vi páginas ótimas que quase não são visitadas, mas que merecem muito mais atenção porque você sente o empenho de quem escreve. É complicado e acontece também em outros meios como fanfics, música...

"ixii, textão" - a maioria das pessoas quando vê um texto muito grande simplesmente se deixa vencer pela preguiça e passa reto - exceto quando é em certa rede social, porque sobre barraco todo mundo adora ler, é incrível ¬¬ -, e com isso postagens interessantes são deixadas de lado e suas informações ganham 0% de atenção quando na verdade merecem 100%. 

a questão dos comentários - aqui existem dois pontos. O primeiro é sobre a quantidade: é meio triste abrir sua página e descobrir que não há nenhum comentário na postagem que você criou com toda a empolgação e carinho. Mas isso você supera com mais facilidade depois de anos na blogosfera - de vez em quando vai saltar aquele comentário super lindo no qual você vai se apegar hohoho. O segundo ponto é sobre aqueles comentários agressivos de pessoas que não concordam com o que foi exposto. Críticas são sempre bem vindas e ajuda muito quando alguém aponta algum erro, porque podemos aprender e consertar, mas há pessoas que já partem para o vocabulário baixo, que começam a taxar a pessoa disso e daquilo e a espalhar ódio por qualquer motivo banal. São esses comentários que nos desestimulam e que vez ou outra pipocam nas postagens. Neste caso é preferível zero comentários à tretas desnecessárias.

stalkers - não costumava ser um problema até que tive de fechar meu antigo blog por temer ter postado mais do que deveria nele - na verdade, lá não tinha nada de mais, mas eu me senti invadida de tal forma que não suportei deixar meus pensamentos tão expostos. É saudável ter aqueles seguidores fiéis que sempre comentam e que realmente gostam do que você escreve, mas também há pessoas mal intencionadas à solta e é delas que a gente às vezes tem que fugir.

plágio - sofri muito com isso por causa do meu blog de fanfics. Quando me dei conta, havia pessoas publicando minhas histórias como sendo de autoria delas e isso foi frustrante. Consegui resolver as questões, mas ainda penso: quantas páginas mais possuem conteúdo roubado e a ninguém nunca vai se dar conta disso?

Ao que tudo indica eu não odeio muitas coisas na blogosfera lol pra finalizar, há um ponto negativo que não é tanto sobre a blogosfera, mas vale comentar: a falta de tempo. Às vezes a gente chega a planejar as postagens (marcando no bullet journal e tudo!) e não encontra aquele tempo necessário para compor o escrito e criar as imagens (como em reviews de MV, onde a gente tem que criar as caps pra ilustrar melhor a percepção). Resultado? Um milhão de rascunhos. 

É, vida de blogueiro não é nada fácil, mas a gente continua tentando porque é divertido mesmo assim. E você, o que mais acrescentaria aqui na lista? 

2 comentários:

  1. Oi Lilah <3 obrigada pelos comments lá no Hishoku!
    Não vou acrescentar nada na sua lista porque, vai que me inspiro e faço a blogagem, né non?

    Um ponto que você abordou que eu achei importante foi o stalking. Eu acabei apagando toda e qualquer informação que me ligasse ao meu blog na internet pelo mesmo motivo (embora poste fotos minhas lá de vez em quando). Uma amiga foi realmente perseguida por um cara (fomos na polícia, fizemos B.O. e tudo) e foi pelo blog de uma amiga nossa que ele chegou numa outra pessoa que nada tinha a ver com a paçoca e começou a mandar comentários e emails pra essa pessoa x achando que era a minha amiga :0 A coisa cria proporções muito loucas na internet, e ela passou anos lidando com isso! Enfim.

    Sobre comentários, concordo plenamente - um alô sincero às vezes nos anima TANTO com o blog! Já comentários ofensivos, acho que nunca recebi (embora alguns comentários tenham me ofendido, mas não acho que era a intenção das pessoas que os escreveram, hahaha!). Enfim, eu sinto muito que isso tenha acontecido contigo - eu não consigo ver a blogosfera como um lugar pra destilar ódio assim gratuitamente, e sinto que você tenha passado por isso num espaço que era pra ser de expressão e liberdade :<

    Enfim, eu queria dizer que fico muito entusiasmada com o se entusiasmo (wat) com o projeto, hahaha! Espero que os temas continuem agradando <3

    Respondendo seu comment: se você vive no Brasil e sente que precisa de terapia, saiba que as universidades daqui (tanto públicas quanto particulares) oferecem atendimento gratuito, pra que os alunos tenham com quem estagiar. Se você for de portugal eu não sei como funciona, daí~

    Fico por aqui <3 beixinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, chegar ao ponto de fazer B.O é porque a coisa foi muito grave meeesmo! Eu morro de medo disso, então passei a tomar bastante cuidado.
      Sobre os comentários ruins, aconteceu uma ou duas vezes comigo, mas eu respondi de boa e a pessoa não se manifestou mais.

      Eu adorei de verdade o projeto! Eu estava meio afastada da blogosfera, então encontrar o Together foi ótimo pra dar aquele pontapé inicial e renovar a energia de blogueira! xD

      Obrigada pela visita!!

      Excluir